penseFORADACAIXA

penseFORADACAIXA

sábado, novembro 26, 2011

CULTURA - SÉCULO XIX & XX

O Século XIX deve ser lembrado pelo desenvolvimento científico. Tal desenvolvimento relacionou-se principalmente com a medicina, a biologia, as ciências físicas e naturais.

O impressionismo é considerado o último movimento de renovação artística antes da polêmica arte do século XX deslanchar. Os movimentos listados abaixo, na pintura, após o impressionismo devem ser entendidos como movimentos do século XX. Atente também para os períodos da História da música, identificando os que se relacionam com o século XIX e o XX. 

Nas ciências físicas:

1. Casal Curie descobriu o rádio
2. Hertz descobriu que as oscilações elétricas se propagam através de ondas

No início do século XX, Albert Einstein desenvolveu a teoria da relatividade

Nas ciências naturais:

CIENTISTAS
REALIZAÇÕES
Lamarck
Lei do uso e desuso
Gregor Mendell
Os primeiros conceitos de genética realizando experiências com ervilhas
Charles Darwin
Teoria da evolução, na obra A Evolução das Espécies

ARQUITETURA

Art Noveau – desenvolvida na França e caracterizava-se por ornamentações arquitetônicas com inspirações vegetais
Concreto armado – inventado por Joseph Monnier EM 1848. Usado na construção de arranha céus.

PINTURA

Impressionismo.
a) luz, elemento fundamental.
b) pintura ao ar livre
c) o olhar do observador combinaria as cores
d) representantes:
            - Edouard Manet: precursor
            - Pierre Auguste RENOIR
            - Edgar DEGAS
            - Camile PISSARRO
            - Paul CÉZANNE

Expressionismo. Alemanha (1910)
a) importância da Expressão
b) não importam os conceitos de feio e belo
c) destaque na pintura
d) representantes:
            - Van Gogh
            - Cézanne
            - Gauguin
- A Morte em Dresden, de Wilhelm Lachnit

Dadaísmo.
a) negação do passado, presente e futuro
b) total falta de perspectiva diante da I guerra
c) contra teorias, ordenações, lógicas
d) contra o capitalismo burguês
e) iniciador: Tristan Tzara (1896-1963)
f)  a palavra DADÁ foi escolhida ao acaso

Cubismo.
a. valorização das formas geométricas
b. várias formas de representar a profundidade do plano
c. NA LITERATURA: preocupação com o texto, invenção de palavras; fim das sintaxes; versos livres, sem rimas ou estrofes.
d. representante:
            - Pablo Picasso

Futurismo.
a. destruição do passado, exaltação do futuro
b. exaltação da vida moderna, da eletricidade, do automóvel, da velocidade, da guerra (única higiene do mundo)
c. demolição de museus, bibliotecas, do moralismo, do feminismo
d. representante maior: Marinetti – aderiu ao fascismo de Benito Mussolini (tal adesão levou a repulsão de suas ideias por alguns no Brasil)
e. manifestos:
            - primeiro, em 20/02/1909
            - Manifesto Técnico da Literatura Futurista: destruição da sintaxe, uso de símbolos matemáticos e musicais; desprezo pelos adjetivos, advérbios e pontuação.

Surrealismo.
a. inspiração freudiana
b. pensamento livre de qualquer controle da razão
c. esteve próximo da esquerda, menos Salvador Dalí, que apoiou Francisco Franco, na Espanha
d. Manifesto do Surrealismo (1924), com André Breton
e. ARTES PLÁSTICAS:
            - Salvador Dalí
            - Max Ernst
            - Man Ray
            - René Magritte
            - Chirico
f. CINEMA:
            - Luís Buñuel: Um cão Andaluz (1928); A idade de ouro (1931)


MÚSICA


1. Clássica – compostas entre 1751 e 1810.
Caracteriza-se por ser mais leve e menos complicada que a romântica. Dá-se mais importância para a música instrumental que a vocal. As sinfonias são exemplos disso.

Haydn, Mozart e Beethoven são os maiores compositores de sinfonias do classicismo.

Os principais compositores clássicos foram:

Carl P. E. Bach 1714 – 1788;
Gluck    1714 – 1787;
Hayden 1732 - 1809                                         
W. A. Mozart 1756 - 1791                                      
Ludwig Van Beethoven 1770 - 1827                      
Joaquim A. de Mesquita -1746/1805        
Padre José Maurício N. Garcia - 1767/1830     
Antonio Soler Ramos - 1729/1783            
Muzio Clemente- 1729/1783

2. Romântica –
Os compositores românticos caracterizaram-se por buscar mais liberdade no que diz respeito à forma. Buscavam inspiração em obras da  literatura e pintura. Terras exóticas, exaltação do passado, o amor também inspiraram os compositores românticos. Houve emprego de dissonâncias.
Floresceu a canção com o uso do piano e seus principais representantes foram: Schubert, Verdi, Rossini e na Alemanha, Wagner. No Brasil, Antonio Carlos Gomes e O Guarani.
Os principais representantes do romantismo foram:
Principais compositores Românticos

Gustav Mahler - 1860/1911;
Moritz Moszkowki - 1854/1925;
 Geuseppe Verdi - 1813/1901;
Sergei V. Rachmaninov - 1873/1943;
Louis Hector Berlioz - 1803/1869;
F.Schubert 1797 – 1828;
F. Mendelssohn 1809 – 1847;
F. Chopin 1810 – 1849;
R. Schumann 1810 – 1856;
F.Liszt 1811 - 1886
R. Wagner 1813 – 1883;
J. Brahms 1838 – 1897;
Tchaikovsky 1840 – 1893

3. Moderna (ou do século XX)
Foi marcada por novas experiências e uma reação contra os românticos.

Principais compositores do século XX:

Igor Stravinsky - 1882/1971     
Cláudio Santoro - 1919/1989   
Sergei Prokofiev- 1891/1953                       
Marlo Nobre de Almeida - 1939/                               
Francisco Mignone - 1897/1986                                 
Edino Krieger                                                         
Cézar Guerra Peixe - 1914/1993                               
Radamés Gnatalli - 1906/1988                         
Alberto Evaristo Ginatera - 1919/1983                        
Oscar Lorenzo Fernandez - 1897/1948                      
C. Debussy 1862 - 1918                                            
Schoenberg 1874 - 1951 1951
M. Ravel 1875 -1937 -                                          
B. Bartók 1881 - 1945
A. Berg 1885 - 1945                                                      
H. Villa- Lobos 1887 - 1959

LITERATURA

Caracterizou-se, no século XIX pela democratização e pela diminuição do predomínio artístico francês.

Períodos:
1.    Romântico (fim das guerras napoleônicas aos meados do século XIX)
2.    Realista (aprox. 1880)
3.    Simbolista (primeiros anos do séc. XX)

ROMANTISMO
1.    França
-          Victor Hugo – Os Miseráveis
-          Sthendal (Henry Beyle) – O Vermelho e o Negro
-          Honoré de Balzac – A Comédia Humana

2. Inglaterra
-          Lord Byron – Manfred
-          Walter Scott – Ivanhoé

3. Alemanha
-          Johann Goethe – Fausto
-          Friedrich von Schiller – Maria Stuart

REALISMO
1.    França
-          Gustave FlaubertMadame Bovary
-          Émile ZolaGerminal

2. Inglaterra
-          Charles DickensTempos Difíceis

3. Rússia
-          Leon TolstóiGuerra e Paz
-          F. DostoiévskiCrime e Castigo

No século XX, a literatura teve nomes de destaques, como:

- James Joyce, com a obra Ulisses, adaptação da Odisseia de Homero – um dia na vida de Leopold Bloom;

- Marcel Proust, com Em Busca Do Tempo Perdido, busca alcançar a substância do tempo para poder se subtrair de sua lei, a fim de tentar apreender, pela escrita, a essência de uma realidade escondida no inconsciente “recriada pelo nosso pensamento.

- Franz Kafka, com obras como O Processo; A Metamorfose e O Castelo.
- Thomas Mann, com os livros A Montanha Mágica e Doutor Fausto


Baixe a versão PDF desta postagem acessando:

http://www.4shared.com/document/8WmsAmm4/CULTURA_SECULO_XIXSALVIANO-HIS.html

Acesse. Baixe. Leia. Reflita. Aja.

Passe adiante.

TENHA HISTÓRIA NA CABEÇA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário